quarta-feira, agosto 12, 2009

não pergunta do dia: como me sentir realizada quando estou prestes a ser dispensada da empresa no final deste mês por terminar o contrato, mas depois afinal já não sou dispensada porque a minha chefe, que posso dizê-lo, é regra geral, impecável, batalhou incansavelmente para me manter, tendo sido a solução acordada a de assinar contrato até dezembro para depois não mo renovarem, de modo a ser cumprida a tal meta de acabar o ano com menos uma pessoa no departamento, que isto de haver ordens superiores a determinar corte nas despesas com pessoal é fodido e anda aí a crise, para depois em janeiro me tornarem a chamar e assinar novo contrato como trabalhadora desde 2010. não vou ter férias como uma pessoa normal, i.e., com direito a marcação prévia e um subsídio que sempre ajuda, mais uma vez durante sei lá quanto tempo. mas entre isto e ir para o centro de emprego, enfim, não foi uma decisão difícil.

também não foi bonito:
celine dion: és tu que estás a ouvir música?
eu: sim
celine dion: que é que tás a ouvir???... (testa e nariz franzidos em sinal de asco e de sofrimento)
eu: mars volta
celine dion: quem?? (toda ela é um esgar, neste momento)
eu: mars volta, volta de ...voltar?..
celine dion: ai não conheço, são portugueses?
eu: não... (nesta altura penso, puta que pariu esquece lá isso...como sempre é melhor guardar os meus gostos apenas para mim, porque é como estar a bater contra uma parede de betão)

6 comentários:

Refugee disse...

Ando sempre atrás de ti e percorro comtigo todo o caminho.

du disse...

não gosto de mars volta, fazem-me lembrar os marretas a cantar.

mas isso sou eu...

BadSeed disse...

Só espero que a tua Dion não cante... Mas gostei do diálogo!

verdades_e_poesia disse...

eheh Boa imaginação minha querida! :)
Os Mars Volta são muito bons!

curse of millhaven disse...

impõe-se o devido esclarecimento:
a minha celine dion canta. e muito. digamos que quase o dia inteiro.
o diálogo aconteceu mesmo, não foi fruto da minha imaginação.

eu sofro...

O Tony Carreira é o maior!! disse...

Olha filha, não era preciso dizeres que não foi fruto da tua imaginação, pois qualquer criança de 10 aninhos percebe q isto é a história da tua pobrezinha vida. epá, e sofres mesmo muito coitadinha...se calhar toda a população mundial devia ouvir mars volta...