segunda-feira, janeiro 19, 2009

joão aguardela
1969 - 2009

e esqueces essa canção que já não passa na rádio
mas que vive secretamente dentro de ti
tudo aquilo que eu posso escrever é infímo ao pé do que a naifa é e será para mim.
muitas saudades.

10 comentários:

Mars disse...

perdeu-se um grande talento da música portuguesa.
e mais não digo, que o meu jeito para palavras sofridas é nulo.
RIP Johnnyzinho

Betty Coltrane disse...

Imensas mesmo... Deixou pelo menos uma herança espantosa, que é mais do que se poderá dizer de algum de nós

Refugee disse...

João deixa saudade e melancolia como a melodia do seu baico na música d'A Naifa.

Mas afinal o que estou eu aqui a fazer?... disse...

Notícias destas caem que nem murros no estômago... Era grande, o Aguardela. E deixa muito de si à música.

M. disse...

O que vamos nós fazer sem o marialva do baixo? :)

Ele descansa em paz, espero.

Maria del Sol disse...

Foi mesmo uma grande perda :(

Ficam-nos uma mão-cheia de tesouros musicais, que já não é pouco.

lory disse...

saudações!
ainda não acredito...como velhote que sou, lembro do joão ainda nos sitiados e de algumas daquelas sua canções que me povoaram a adolescência...

Mars disse...

epa pariga olha lá já estamos em 2009 :x

f.a.r. disse...

Que engraçado! no seguimento do comentário que fiz no post dos abba, então o Aguardela, agora, é um génio? agora já se pode gostar dele? no meu tempo, gostar dele era piroso, mas como a sua memória musical, não deve ir muito atrás de 2005 ou 2006, não pode saber do que eu estou a falar.

Refugee disse...

Esta verificação de palavras é óptima para um sujeito chamado f.a.r.(t): merdba, era o perfeito barro para colar à tua parede...