terça-feira, janeiro 27, 2009

cansada.
explorada.
eu tento fugir da multidão carrancuda do metro, mas confesso que me estou a tornar mais uma nessa massa uniforme.

6 comentários:

Mars disse...

faço das tuas palavras minhas, simplesmente troco "multidão carrancuda do metro" por "crianças espalhafatosas e irritantes da escola". mas em relação ao que me estou a tornar é, sem dúvida alguma, uma "carrancuda do metro".

Maria del Sol disse...

Fica atenta ao telemóvel. Nunca se sabe o episódio surreal que vais ler no próximo minuto. É um fraco consolo, é verdade, mas é o que se vai arranjando até vir a próxima oportunidade para te dar um abraço.

E jamais serás uma cinzentona, sis. Tomara muita gente ter metade da tua força. :)

lory disse...

:s

já tentaste responder com um ENORME SORRISO à multidão carrancuda do metro?
os carrancudos ficam ainda mais carrancudos quando vêm alguém bem-disposto... :D

kisses!

planeta Claudiano disse...

Sei como é. Também tenho medo dessa maleita e o pior é que acho que ando a mais carrancuda de todos... kiss

Mars disse...

se não gostares eu paro. não quero que te falte nada :p

passarola disse...

um sonzinho bem disposto no mp3... não te deixes carracundar que não vale a pena. Um beijinho e um minhau do Amon ;)