quinta-feira, outubro 09, 2008

i'm not living... just killing time

fiz por estes dias a maior ausência do blog.
de facto, depois de um dia em frente a um computador apetece-me tudo menos escrever aqui. ou visitar aqueles que se tornaram meus amigos de hobby. a todos as minhas desculpas, porque realmente ainda não me habituei totalmente ao ritmo proletário.
tive entretanto tempo para ir ver porcupine tree ao incrível almadense, banda que desconhecia quase por completo mas que aprendi a gostar. não consegui desfrutar em pleno do concerto porque agora tenho horário de dormir de galinha, o que me fez quase adormecer lá para o fim. vergonhoso.

houve também tempo para uma pessoa que me era querida se ir embora deste mundo.

7 comentários:

Maria del Sol disse...

Oh, foste a Porcupine Tree e não disseste nada?!
Eu sei, não é propriamente a banda de que eu mais gosto, mas depois lembra-me de te contar uma novidade "juicy" relacionada com esse com esse concerto... :P

Beijinhos e boa sorte na vida proletária.

R.B.M. disse...

De facto custa habituar-nos a estes novos horários, tb ando feita velha a deitar cedinho.muito lame...

Quanto a pessoa querida, nunca se sabe o que se dizer quando essas coisas acontecem. força e beijinhos*

passarola disse...

a malta compreende o cansaço de fim de dia. um beijinho :)

Betty Coltrane disse...

Não conheço a banda, acho que depois me tens de ajudar com isso.

Obrigado pela força, amiga! Também eras querida para ela, tu sabes!


Um beijo gigante, adoro-te!

H4rdDrunk3r disse...

*

odete almerinda disse...

Passei para te deixar um enorme *!

Mas afinal o que estou eu aqui a fazer?... disse...

Amiguinha, "boltei"! :)

Bem, também não tens tido uma vida nada fácil!! Deixa lá, eu nem para um concertozinho tive tempo nos últimos dias! Mas no próximo fim de semana vingo-me! :p

Força. Muita!

Beijinhos