segunda-feira, agosto 18, 2008

era enfiar-lhes a todos um espeto em brasa pelo cu acima (*)

descobri que tenho uma militante do pnr como colega de trabalho. não lhe falta nada. já foi presa, na mesma altura em que prenderam o mário machado. tem uma tatuagem de uma águia a segurar uma suástica no fundo das costas. descolora o cabelo e as sobrancelhas de modo a parecer ariana pura. passa férias sempre na suécia, rodeada dos seus semelhantes, claro está.
hoje após um conctacto telefónico com uma senhora preta, que atendeu o telefone de maneira estridente, a minha colega diz:

isto não é gente, isto são animais.

acho que não preciso de dizer mais nada. é triste, muito triste.



(*) expressão roubada à minha mãe.

14 comentários:

rjl disse...

...apetece-me usar o comentario da tua colega, nela mesmo:isto não é gente, isto são animais

beijo, boa semana!

M. disse...

Ó melher, então mas há pessoas ditas normais no teu trabalho? Parecem escolhidos a dedo,safa :D

Betty Coltrane disse...

que nojo!!! :S

R Mutt disse...

Mas quem é que dá trabalho a gente desta? Só esse comentário deveria dar prisão.

Francisco disse...

R, não fui eu que sugeri a série, foi outro francisco. Se fosse eu teria dito "L Word". :)

planeta Claudiano disse...

Olha, eu tenho a minha bazuca com a qual mato aquelas pessoas que espremem borbulhas, nos meus contos, não dá para usar com esse espécime do teu trabalho?

passarola disse...

caçadeira!! mas pode ser a minha FALTA DE FÉRIAS a falar... ;) ou talvez não... eheheh! respira fundo e força... faço minhas as tuas palavras :) beijinho!

Mas afinal o que estou eu aqui a fazer?... disse...

Bolas, rapariga, foste parar a um ninho de cobras!
Sei tão bem como te sentes, (infelizmente) conheço algumas aberrações capazes de afirmar coisas do género...
Tem lá paciência, um dia essas "pessoas" hão-de ver o feitiço virado contra o feiticeiro!
Beijinhos

Dr. Strangeluv disse...

Que horror. Haviam de ser eles a sentir a segregação. E descolorar as sobrancelhas para parecer ariano é muito muito triste.

R.B.M. disse...

O ferro em brasa pelo dito cujo acima ainda era pouco. Que tristeza.

Refugee disse...

É comemorar os aniversários da derrota dpo nazi-fascismo todos os anos.....

Arya Bodhisattva disse...

oh. fuck.

Ana disse...

Mas tu trabalhas onde? No Gabinete Jurídico do Júlio de Matos?... Desculpa lá a pergunta, mas uma colega nazi e uma outra que está sempre a ouvir a cantar Celine Dion... é dose!!!

Tina disse...

para essa criatura, eu que me considero uma pessoa pacífica, defendo incondicionalmente tortura em praça pública. sinceramente... de preferência, executada por um "representante" das classes que eles gostam de considerar como inferiores à sua... assim, algo demorado e com muita gente a assistir e a bater palmas. o racismo é a forma mais absurda e ignorante de se "catalogar" alguém...