domingo, junho 29, 2008

noto com alguma estranheza que quanto mais aborrecido é o meu dia-a-dia mais estranhos e perturbadores são os meus sonhos.

-x-

no outro dia ao chegar a casa apanho uma reportagem muito interessante no perdidos e achados na sic notícias. era sobre um homem que no início dos anos 90 se dedicava a transportar crianças para a escola, sem ganhar dinheiro com isso. ao mesmo tempo fazia de pai ou irmão mais velho dos miúdos cujo ambiente familiar muitas vezes era doentio. foi a salvação de muitos deles. mostravam-se imagens dele nesses idos anos 90, rodeado das crianças, em abraços apertados. e penso em como isto hoje seria muito difícil ou pelo menos pouco provável com todos os escândalos de pedofilia noticiados. há claramente uma inocência que se perdeu, e um homem sendo assim tão prestável para com tantos rapazinhos seria no mínimo olhado de lado.
isto foi só uma ideia que me ocorreu, até pode muito bem haver casos semelhantes a este ainda nos tempos que correm.

-x-

pego nos dois cds da amy winehouse e ouço-os de rajada para ver se ainda lá está todo aquele sentimento, aquele génio, ou se a imagem desgastada serviu para a colocar de parte.
de minha parte não mudou absolutamente nada. não gosto nem mais nem menos. ou seja, adoro.
vejo que ela está lentamente a regressar à antiga forma, pelo menos fez uma boa actuação no concerto dos 90 anos de nelson mandela.
ainda bem.

7 comentários:

Dr. Strangeluv disse...

O "lava roupa" não destrói o verdadeiro talento. Esperemos que recupere para as suas performances ao vivo voltarem a ser o que eram e fazerem jus à qualidade excelente dos albúns.

sôdona.leide disse...

volta amy, estás perdoada!

Maria del Sol disse...

Esperemos que seja desta que a Amy recupera.

Quanto à reportagem, vi uma sobre o mesmo assunto (não sei se era o mesmo caso) e ocorreu-me o mesmo pensamento: a mediatização da vaga de raptos e violações acabou com a pouca boa-fé que existia. É complicado encontrar um equilíbrio entre acusar os perigos e continuar a confiar nas boas intenções...

naturalissima disse...

Vai-se vivendo cada vez mais num mundo de desconfiança, insegurança... há razões para tal!
O homem, dentro da sua evolução cientifica e tecnológica, ainda é primitivo e preverso.

Boa semana :)

rjl disse...

:D
boa semana!
boa praia...acompanhada!
beijo,
;)

Cataclismo Cerebral disse...

A actuação da Amy foi realmente boa, pode ser desta que ela entre nos eixos. Também vi a reportagem de que falas e pensei o mesmo: nos dias de hoje, o homem provavelmente já estaria a ser investigado pelas forças policiais.

Bjocas e boa semana!

Arya Bodhisattva disse...

é difícil reconciliarmos a amy dos álbuns com a outra - a do youtube dos ratos (com o pete doherty, viste isso?) a dos desacatos parvos no tribunal, etc.
é por vermos tão claramente o talento naquela (agora) figura franzina, que custa ver o seu fim anunciado quase todas as semanas.