sexta-feira, fevereiro 22, 2008

eu casava com ele se ele quisesse # 8


Eirik Glambek Bøe

ou o elemento giro dos kings of convenience. o companheiro de banda erland oye também tem a sua piada, duma maneira nerdy. mas é este claramente que fica com as miúdas, basta ver as capas dos álbuns, sobretudo a do quiet is the new loud onde surge todo agarradinho com a menina (que segundo a wikipedia é a namorada dele, bom menino portanto) enquanto o pobre erland olha para a objectiva como se dissesse opá cá estou eu a fazer de vela outra vez, dass...
mas esta semana escolhi este senhor porque tenho ouvido muito tanto o álbum que já mencionei, como o riot on an empty street. muito tranquilizador, muito fim de semana chuvoso com cobertor nas pernas e um bom livro.


5 comentários:

H4rdDrunk3r disse...

bem giro que ele é... adoro esses gajos de ar pseudo-nerd...

obrigada pelas tuas palavriiinhas todas no blog*** uma querida!! beijinhos***

Francisco disse...

bah, o outro é que é cool.


(são sempre iguais estes maridos... não se percebe.)

Maria del Sol disse...

Mas porque é que os giros estão sempre comprometidos!? Não tenho nada contra os nerds, até tenho um fraquinho por eles, mas o menino dos olhos azuis é tão perfeito...

Life sucks. :P

passarola disse...

é rnhauzinho, é! E com estes casamentos todos... vais deixar algum homem disponível p o resto da malta? eheh... ;)

kat_Jam disse...

Eu cheguei primeiro. E eu também quero um bocado :)-
Lá porque acabei o blog vou continuar a fazer do teu visita diária. E a cobiçar as tuas (boas) escolhas :)Beijinho