sexta-feira, dezembro 28, 2007

another lesson learned

o amor também é saber quando parar.
quando é a altura de desistir de lutar perante algo que foi muito e já não é nada.
quando é tempo de dar liberdade e deixar ir.




agora é o momento.

11 comentários:

Arya Bodhisattva disse...

eu não queria fazer isso agora.
não queria mesmo.

*suspira*

mas às vezes, tempos, não é...?

Maria del Sol disse...

Agora pode custar, mas a longo prazo vai ser melhor. Já sabes que estou a apoiar-te :)

Beijinhos!

Parrovski disse...

Podes gostar muito de uma pessoa mas em primeiro lugar tens de gostar mais de ti. O tempo apaga tudo.

Francisco disse...

(muito) pior é quando nunca chegou a haver nada...

Reflex disse...

Eu acho que esta é 1 lição que todos nós interiorizados desde cedo, desde o início. O grande desafio - e acho que é o que assusta mais - é perceber a chegada do dito "momento".
A esperança (não sei bem em quê) tende-nos a turvar a vista ad eternum...

Reflex disse...

*interiorizamos

Vanessa disse...

Há lições que custam a aprender, não é?

*Suspiro*

Força nisso! E como diz o outro...

Oh no
Here comes that sun again
That means another day
Without you my friend

And it hurts me
To look into the mirror at myself
And it hurts even more
To have to be with somebody else
And it's so hard to do
And so easy to say
But sometimes
Sometimes you just have to walk away
Walk away

With so many people
To love in my life
Why do I worry
About one?

But you put the happy
In my ness
You put the good times
Into my fun
And it's so hard to do
And so easy to say
But sometimes
Sometimes you just have to walk away
Walk away
And head for the door

We've tried the goodbye
So many days
We walk in the same direction
So that we could never stray
They say if you love somebody
Than you have got to set them free
But I would rather be locked to you
Than live in this pain and misery

They say time will
Make all this go away
But it's time that has taken my tomorrows
And turned them into yesterdays
And once again that rising sun
Is dropping on down
And once again you my friend
Are nowhere to be found
And it's so hard to do
And so easy to say
But sometimes
Sometimes you just have to walk away
Walk away
And head for the door
You just walk away
Walk away


O engraçado nisto tudo é que estas palavras servem todos os amores. Quando não queremos deixar ir, quando temos de desistir e esperar. Parar. Partir. (...)

Enfim...

Um beijinho grandeeee*

negrovioletasuave disse...

não tenho muito mais a dizer perante isto.

passarola disse...

wwweeeeeeeee!!!! estava a ver que não... já acabou o luto!! Temos que festejar isso em ambientes recheados de moçoilos interessantes ;) um beijo!

planeta Claudiano disse...

Custa...

niskas disse...

Devo confessar que nunca li no teu blog frase que me tocasse tanto...axo que por me identificar com ele ou talvez porque para tb "is the moment"

Mas deixa lá..."it hurts but it will heal"