terça-feira, agosto 07, 2007

presente estado

dispensada de um emprego em call center, como devo sentir-me?

péssimamente. é daqueles empregos que toda a gente consegue ter, terei alguma coisa de errado? nunca ninguém se queixara antes da minha rapidez verbal. será isso um defeito? olho para trás e vejo-me como finalista em direito, portanto não é uma psicóloga clínica frustrada por trabalhar em telemarketing que vai fazer-me duvidar das minhas capacidades verbais.

aliviada. como em todos os empregos tinha de haver o cromo com mania que era engraçado, o típico palhaço do escritório ao qual ninguém acha a mínima piadinha mas ele lá vai tentando. ao segundo dia já só me apetecia fugir dali para não ter de o ouvir mais, portanto a dispensa até deverá servir como alívio.

lisonjeada. não conhecia até agora mais ninguém que tivesse sido cordialmente afastado por o perfil não se enquadrar com o pretendido pelo cliente, o problema não é nosso, não é que não tivéssemos capacidades, apenas não era aquilo que estavam à procura. devo ser uma pessoa mesmo especial...

isto daqui para a frente só pode mesmo melhorar, porque piorar será francamente difícil...

9 comentários:

Betty Coltrane disse...

Sabes porque é que foste dispensada? és boa demais!!!! Tens uma voz linda, um português excepcional e fluidez de discurso... Lembras-te do "low expectations"? é o que eles têm, não querem gente acima do nível! E bem, é positivo teres-te livrado de mais um engraçadinho - és capaz de ter razão, há por aqui um padrão... hum, hum....

beijão!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

refugee disse...

Verusca tiraste-me as palavras da boca, e é sempre bom ouvir dos nossos amigos coisas que são boas e verdadeiras.

passarola disse...

ufa... do que tu te safaste!!! Com tanto trabalho um bocado mais estimulante por aí... fica aliviada!!!! :)

planeta Claudiano disse...

Essa última frase que escreveste, que tem de melhorar porque pior é dificil, é exactamente o que eu digo da minha vida neste momento. estou contigo!

querercoisasimpossiveis disse...

Para se trabalhar em telemarketing é preciso reunir as seguintes condições: ser burrinho e ter um raciocínio lentinho; falar muito mal português (exemplo: dizer aderência em vez de adesão. " A aderência a este serviço é de um ano."; ter ar de cromo, saber falar mal dos outros, etc.

O problema é que há muito boa gente a precisar do dinheirinho destas empresas, por isso, se precisares, arranjo-te trabalho num call center, com a garantia porém, de que não serás dispensada (porque entras através de mim). É telemarketing também, para a TvCabo.

naturalissima disse...

Vou acreditar no que a nossa amiga Betty diz!:)
De resto, descontrai, aproveita bem o verão... como bem dizes, não era de facto para dar certo um lugar desses!

Continuação de boa semana
Aproveita bem o verão...

Cataclismo Cerebral disse...

Concordo com a Vera! Pela descrição que fizeste, se lá tivesses ficado acabarias por estagnar...

Bjs

little_blue_sheep disse...

:S

niskas disse...

bem, não sei se fiquei mais tranquila ou não...tb já concorri mas ainda não fui a nenhuma entrevista...tenho dispensado a ideia até ter mesmo de ser.mas agora fiquei preocupada...será que ser burro ou analfabeto e caracteristica fundamental???tou lixada...apesar de td uma gaja tem de pagar as contas...