domingo, julho 29, 2007

motherfucker! (*)

ia com as expectativas baixas, tendo em conta as coisas que tinha lido sobre o filme.
mas death proof conseguiu deixar-me maravilhada. se calhar sou eu que sou de fácil contentamento, ou então porque o filme, a meu ver, tem sido algo subvalorizado. porque agora espera-se sempre do tarantino que cada filme supere o último em termos de originalidade. com este, a meu ver, ele não superou nenhum dos anteriores, mas conseguiu algo que se coloque sensivelmente no mesmo patamar daquilo a que nos tem habituado. e tendo em conta que a qualidade a que ele já nos tinha habituado é inquestionável, este é mais um grande filme. enorme. muito acima da média.

quem ainda desconhecer a história pode lê-la por exemplo aqui.
(*)a palavra motherfucker nunca soa tão bem quanto num filme do tarantino.

6 comentários:

Cataclismo Cerebral disse...

É uma montanha russa, de tanta diversão que proporciona. E depois tem todo aquele ar cool, sem nunca esquecer os deliciosos diálogos à Tarantino. No entanto, não me fascinou por aí além porque, como já disse no meu blog, faltou o típico golpe de asa do mestre. Mas que é divertido, isso é!

refugee disse...

éum filme inserido no projecto e acho que pelo final ter sido diferente não deixou de ser brutal e frio. tinha de ser final à Série B. Duvido que Rodriguez, o seu amigo consiga supoerar.....

Betty Coltrane disse...

queroverqueroverqueroverqueroverquerover.....

sôdona.leide disse...

este filme é uma delicia...
analisar o "outro" lado do filme.. é maravilhoso...

uma pérola!

"but... my ass!"

sôdona.leide disse...

e a banda sonora... linda!

passarola disse...

oh pá!! ainda não vi... mas deste fim de semana, garanto que não passa!!!