terça-feira, julho 31, 2007

cascas de laranja

o filme do tarantino pôs-me a pensar num assunto fútil mas pertinente.
a celulite.

as personagens do último death proof são indiscutivelmente belas. sedutoras, femininas, um autêntico regalo para os olhares masculinos. e nos grandes planos lá estava a celulitezinha no rabiosque e/ou nas pernocas. mas c'órror!, pensarão as dondocas fitness-junkies. mas que bem, pensei eu. ora aqui estão actrizes lindas, desejáveis, atraentes, com celulite.
porque nós mulheres fomos abençoadas com o dom de produzir celulite. o mais difícil será não tê-la. e o mais difícil implica passar tempo a lutar contra isso, furiosamente pedalando numa qualquer bicicleta de ginásio, ou a gastar dinheiro em cremes que mágicamente fazem desaparecer o peso da carteira, ou a travar uma violenta luta interior contra a vontade de beber uma 7up bem fresquinha só porque (oh meu deus) tem gás.
defendo eu a apologia do desleixo? não, de todo. de facto, o exercício devia fazer parte do nosso (do meu...) quotidiano, as escolhas alimentares devem também ser devidamente ponderadas.
mas existe um longo caminho entre termos cuidado connosco e levarmos uma vida de restrições. portanto, venho aqui declarar guerra, sim, a uma vida de restrições! a uma vida complexada, a uma vida sem o doce sabor do doce, a uma vida de prazeres travados, sejam eles quais forem.

mulheres, está na altura de assumir a vossa celulite! porque a perfeição na existe e porque há coisas muito mais importantes às quais devemos dedicar a nossa atenção.

10 comentários:

Betty Coltrane disse...

hell yeah!!!! go sista!!

Totalmente de acordo, até porque a celulite não é mais do que a confirmação de que o nosso corpo está a funcionar perfeitamente e a fazer o que deve fazer: armazenar gordura para alimentar a suposta criança que devemos ter...

Mulheres sudáveism felizes e descomplexadas é o que se quer!

naturalissima disse...

"mulheres, está na altura de assumir a vossa celulite! porque a perfeição na existe e porque há coisas muito mais importantes às quais devemos dedicar a nossa atenção."

Acrescento que tudo na vida é uma questão de equilibrio, corpo, mente, espirio...
O importante é sentirmo-nos bem connosco mesmos, assumir o que temos e contrariar os males existentes que nos sejam prejudiciais...

Foi uma boa tirada, amiga
Fica bem... :)

sôdona.leide disse...

clap clap clap!

passarola disse...

sim... mas era ou não era bom se ela não aparecesse?!! não nos atormentasse?!! A cena é que nós tb gostamos de nos ver mais rijinhas, pode ser uma questão de educação... mas porque é que temos de ser atormentadas por esse odioso monstro que é a celulite? Eu só tenho esperança que, como inventaram e fizeram evoluir as maravilhosas maquinas depiladoras... tb inventem um sistema económico e sem sacrifícios para nos ajudar à manutenção da rigidez coxal!!! Um dia... lol ;)

planeta Claudiano disse...

Eu sou tal e qual essas actrizes!!!

A Terapeuta disse...

Olha o tu foste postar.. lol!!
Por acaso também reparei nesse pormenor. Mas quem dera a mim pensar como tu aconselhas... é que eu tenho celulite, não faço nada contra ela e fico cheia de peso na consciência :\

little_blue_sheep disse...

:D
*

Pete disse...

Yeah... Eu notei o mesmo na parte da lap dance! Mas ninguém acreditou em mim! Sabes...acho que deve ser de prepósito. Para remontar mesmo aos filmes Z do género: "Foi a gaja boa mais barata que encontramos", get my point?

sim, sou destas bandas, so do you, I see.

Bom blogue (:

niskas disse...

genial!!!!a vida é feita destas imperfeiçoes que o organismo tão perfeitamente constrói...por mais que nos desagradem, há so um tanto que podemos fazer...

kat_Jam disse...

Ai ai ... e eu não tenho pouca. Mas agora já vivo melhor com ela. Às vezes temos conversas : a celulite e eu. Digo-lhe para ser mais meiguinha comigo. Mas ela é uma bruta e não me respeita. Mas lá no fundo ela gosta é muito de mim. Na verdade, não me larga ...