sábado, março 31, 2007

la fête


estava a precisar de um concerto assim.

foi absolutamente divino, a sala com uma acústica perfeita, vozes belíssimas, músicos excepcionais. não houve um único ponto negativo a apontar, nem um. talvez as cadeiras de madeira do cineteatro, que às tantas já faziam doer certas partes do corpo. ou a minha hiper-sensibilidade que me põs a chorar desconsoladamente quando foi tocada a cinema, a faixa que abre o álbum com o mesmo nome.

sou sempre a mesma coisa...

7 comentários:

Deepak Gopi disse...

enjoy a nice week end

Headphone disse...

Tambem lá estive e tambem adorei... grande concerto numa grande terra :P Venham mais!

Headphone disse...

Olha uma das razões pela qual não se fazem mais concertos aqui é o exemplo do que se passou há uma semana atrás. Na mesma sala e á mesma hora tocavam os Blind Zero com a tourné acustica, bilhetes a 7.5€ para >26 e 10€ para os restantes. A assistencia não sei se chegava ás 50 pessoas. É claro que eu estive la e posso-te garantir que foi tambem um exelente concerto, mas com coisas assim é natural que a camara tenha medo de arriscar e investir dinheiro em artistas para depois a salta estar vazia.

p.s. aparece hoje no Palmela Beat tambem vai valer a pena :p

curse of millhaven disse...

aaah ok...n fazia ideia q os blind zero tinham sido um fiasco em termos d audiência. ainda por cima bilhetes tão baratos...
tivemos pena d n ir ver. realmente assim n admira q n haja tantos concertos quanto queríamos. mas ainda há-d tocar o jp simões no cineteatro =)

passarola disse...

Fixe!! Afinal os concertos bons não são só em Lisboa :) e agora para ficar com pena de não ter ido, vou pôr aqui a rodar o cd :)

Betty Coltrane disse...

Sim, muito muito bom... Deixa lá sista, não foste a única a chorar na "Cinema" - essa música tem o condão de trazer memórias á tona... (suspiro...)

Hum... JP no São João era brutal!!! Agora concentra-te é em irmos ver Gaiteiros de Lisboa ao Pinhal Novo! :D

ana disse...

inveja!