segunda-feira, março 19, 2007

andrew bird

andrew bird - armchair apocrypha

eu sempre tive uma queda por cantautores, cantores compositores, singer - songwriters, o que quiserem chamar. o rufus wainwright e o josh rouse têm um lugar especial no meu coração. já tive a minha fase jack johnson, passou rapidamente. o patrick wolf também chegou a rodar muito aqui por estes lados, mas ao segundo álbum virei-lhe costas. não me interessa mais.

agora é este senhor que me canta ao ouvido.

sai amanhã o último álbum dele. incrivelmente (ou não) já tem rodado insistentemente desde há uns dias por aqui. sem dúvidas que, quando pud€r, comprarei o original. agora fico-me pelo acto criminoso e pela esperança de conseguir ir ao concerto.
goste-se ou não da música, é impossível resistir à capa dos cds.

6 comentários:

Betty Coltrane disse...

e essa é linda!!!!! O teu crime é hediondo! Não te esqueças de me passar o produto, hum? lol!

Kiss!

Deepak Gopi disse...

:)good day

Parrovski disse...

Por falares em cantautores e songwriters, deixa-me dar-te algumas sugestões:
Beth Orton, Damien Rice (o meu preferido), Devendra Banhart, Jake Ziah, Destroyer e Ray Lamontagne.

curse of millhaven disse...

muito obrigada parrovski. n mencionei o devendra, imperdoável!! eu adoro o devendra! mas quando toca a lembrar-me de artistas de que goste ficam sempre varios para trás. tb gosto muito do damien rice, mas tenho outros de que gosto mais ;) ray lamontagne e beth orton ja ouvi qq coisa deles na radar.

Jahwork disse...

Uma das minhas favoritas...

- Slaveship -

A slaveship, lost at sea
A slaveship, lost at sea
And I'm drowning, your waters deep
I'm drowning, your waters deep
A spaceship, in the country
A spaceship, in the country
And we're flying, into green
We're flying, into green

And I told you a thousand times (sold you a thousand lies)
I love you, would you marry me?
I love you, would you marry me?

The city, there's an empty street
The city, there's an empty street
And we're dancing, to the lonely beat
We're dancing, to the lonely beat
Your building, is where we'll meet
Your building, is where we'll meet
And I'm hungry, lets get something to eat
I'm hungry, lets get something to eat

Cos I told you a thousand times (sold you a thousand lies)
I love you, would you marry me?
I love you, would you marry me?

Your daddy, he ain't like me
Yoir daddy, he ain't like me
I'm striving, I so wanna be
I'm striving, I got to agree
One day girl, you'll be my queen
One day girl, I'll be your king
And we'll reign, in a castle supreme
We'll reign in, a castle supreme

Cos I told you a thousand times (sold you a thousand lies)
I love you, would you marry me?
I love you, would you marry me?
Cos I told you a thousand times (sold you a thousand lies)
I love you, would you marry me?
I love you, would you marry me?

(sem pedidos de casamento implícitos)...

Perdoa-me o derrame mas cá vão uns desabafos e tb umas partilhas...

1 - Jack Jonhson --> Esgotado há muito a ideia (safou-se pelo apadrinhamento que o Ben lhe deu e pela carinha laroca que pôe as meninas em ecstasy)...mas faz uns bons filmes de surf não há dúvida!

2 - Devendra é mágico...sem nada a ver lembra-me o espírito de manu chau.

3 - Alguns songwriters que aquecem a alma...
Dave Mathews; Jonh Buttler; Michael Franti ( o concerto em Sagres foi fraco mas o homem tem letras divinais no "Stay human"); Stuart Staples best man voice; Belle nd Sebastian; Lambshop obviamente e Mosez (parceria com os zero7)...

Positive vibes for you..

Lisa Germano;

Jahwork disse...

:)...e a Lisa Germano não é uma assinatura mas mais uma songwriter displaced in the comment.